;
[
]

AS 13 PIORES MENTIRAS

JUL 23, 2018

POR FABIANA SECCHIS

VIVA BEM - DESTAQUE - MENTE

Por isso, não delegue seu destino a ninguém. Assuma a responsabilidade das suas escolhas, das suas decisões e do seu comportamento. Escolha quais sementes plantar hoje para colher amanhã.

Consultora de conteúdo sobre bem estar e relacionamentos de varias matérias do portal iCasei, em palestras é contratada em diversas ocasiões, para falar sobre desenvolvimento humano, pessoal, profissional e relacionamentos. Em formação de Psicanálise pelo IPBC, Certificada em Terapia de Casais, Programação Neurolinguistica, Personal, Professional Relationship e leader coach, entre outros.

Hoje a mentora Fabiana Guntovitch, conta para o VBM as 13 mentiras que contamos a nós mesmos.

Segundo Fabiana:

As 13 piores mentiras que contamos para nós mesmos e a grande verdade.

1- Serei feliz quando…

Verdade: A felicidade é um estado de espírito, uma disposição e acima de tudo, uma decisão.

Essa é sem duvida a mentira numero 1!!!

Quando a gente projeta a felicidade em qualquer lugar, pessoa ou situação, estamos garantindo exatamente o oposto, uma vida de insatisfações, de responsabilizar os outros ou o destino pela própria infelicidade.

2- Amanhã eu começo…

Verdade: quem quer faz, quem não quer, enrola.

Pois é… há quem espere amanhã, segunda-feira, semana que vem, mês que vem, ano que vem, ou ainda quem diga que daqui a pouco, daqui a cinco minutos, já já… e nada…

Esse hiato entre a ação e o momento propício, ou perfeito é preenchido de justificativas, de desculpas, que na verdade encobrem o medo de não dar conta, de não conseguir, de falhar, de se expor e de se frustrar. O que não percebemos na hora em que adiamos a ação, é que o adiamento em si é uma escolha que garante exatamente o que tanto tememos, aconteça simplesmente pela não ação.

Portanto se pergunte: você quer mesmo isso? Se a resposta for “nem tanto assim”, pare de se enganar e desencane, assuma que não quer e pronto. É importante que você não faça de conta que quer fazer algo, que pode ser socialmente desejável por exemplo, mas que pra você não faz muito sentido, então você fica dizendo pra si e para os outros que quer fazer, que irá fazer quando … mas que está difícil, que não consegue, etc… parece que essa enrolação é inofensiva, mas não é. O problema não é você não fazer o que não está tão afim assim, o problema é que você ao se enganar que quer  não fazer, passa uma mensagem ao seu inconsciente, a si mesma e aos outros de que você é fraca, de que não é resiliente, de que não tem força de vontade. E essa mensagem acaba te enfraquecendo nas situações que você precisa de autoconfiança, naquelas que você realmente deseja realizar. Portanto pare de se enganar que quer emagrecer, que quer aprender uma nova língua, que quer ler um livro por mês, ou o que quer que seja se isso realmente não for importante para você.

Se a resposta for sim, “quero muito”, então, arregace as mangas, levante-se e comece já.

3- Eu não sou boa o suficiente

Verdade: Eu, você e todos nós somos capazes de conquistar o que quer que seja que nos empenhemos em fazer. Se nos dedicarmos sem preguiça, se lapidarmos nossos talentos, se investirmos em aprender tudo que pudermos, e principalmente se não dermos ouvido aos pensamentos destrutivos nem escutarmos a outras pessoas que por questões que só interessam a elas mesmas, dizem que não conseguiremos, ah, não haverá nenhum motivo para não realizarmos nossos sonhos e nos sentirmos vitoriosos. Somos todos mais que suficientes.

4- Sou melhor que alguém

Verdade: ninguém é melhor nem pior que ninguém as pessoas são diferentes, são únicas, singulares.

Essa mentira nada mais é do que um mecanismo desajustado de defesa do ser humano. Se o outro é errado, eu estou certa, se o outro é feio, eu sou bonita, se o outro esta pior eu estou melhor. É a necessidade de detonar o outro para se sentir bem consigo mesma que faz com que as pessoas criem regras rígidas de padrões que para elas sao mais fáceis de alcançar, assim, nesses quesitos, elas se sentem adequadas, ajustadas e pertencentes ao grupo dos “corretos”. Tiro master no pé. Você precisa se sentir bem com você mesma por quem você é, independente de quem os outros são. A título da sua autenticidade e não de comparação. Se achar melhor que alguém, denigre a pessoa que se julga nessa posição, pois esta sim, não se sente confortável com quem ela é.

5- Amar alguém é suficiente

Verdade: Amar não é suficiente. Amar alguém é uma escolha saudável quando você é valorizada e respeitada na relação. O seu amor por alguém não é suficiente para carregar a relação sozinha nas costas, ou um pó mágico que transformará o outro em um parceiro ideal só porque você o ama e o amor verdadeiro é capaz de tudo. Não. O amor verdadeiro não é cego nem surdo. Ele é lúcido e ele é uma escolha. Escolha amar a todos as pessoas como irmãos. Mas entregue seu amor e seu coração apenas a quem te admira, valoriza seu amor e te respeita. Amar alguém é uma decisão que deve estar acompanhada de outras ações, como por exemplo: cuidar, respeitar, se respeitar, valorizar, se valorizar, admirar, priorizar, cultivar e muitas outras atitudes construtivas. Não seja, de jeito nenhum, refém de um sentimento que te traga dor, nem mesmo em nome do amor.

6- “Não” é um ponto final

Verdade: uma porta que se fecha indica que o caminho é outro. Pode ser por uma porta ao lado ou por um caminho completamente diferente. Um não é apenas uma indicação de que o caminho não é bem por aí. Não significa que você deva desistir. Mas te indica que você deve estar atenta a olhar para essa situação por outras perspectivas e ser flexível para adaptar sua estratégia na direção do seu objetivo. Ficar embaixo das cobertas chorando um não e acreditando que nada mais vai funcionar é que não rola. Enquanto há vida, há jogo. Portanto, continue no jogo da vida, ativa, com estratégia e determinação.

7- Eu deveria estar mais adiante na vida agora

Verdade: Você (e todo mundo) está exatamente onde deveria estar para que você possa aprender, e evoluir a partir deste ponto. Se você está aqui é porque suas escolhas te trouxeram até aqui. Para estar mais adiante você deverá fazer novas escolhas, aprender o que essa fase está te trazendo, para que então mais preparada e mais sábia, você vá para a próxima fase.

8- Eu preciso me diminuir

Verdade: Você não deve nunca se diminuir para fazer com que os outros te aceitem com mais facilidade. A sua luz e o seu brilho, o seu sucesso não deveria incomodar a ninguém. Se alguém se incomoda é porque ele próprio não está satisfeito consigo mesmo. O fato de você brilhar indica justamente que se você pode, se você consegue, que os outros também podem conseguir. O seu sucesso na verdade trás esperança para quem esta buscando o próprio. Você “facilitar” a relação com o outro querendo poupa-lo de te ver bem e feliz porque ele não esta numa boa fase, ao invés de fazer bem ao outro, só faz com que você se sinta mal, e ele se ache além de uma porcaria, parte de um grupo de porcarias.  Faça um favor aos outros e a si mesma: assuma seu poder, sua realização, sua felicidade e brilhe sua luz. Ela ajudará a iluminar os caminhos de outras pessoas também.

9- Eu nunca irei superar isso.

Verdade: o ser humano é altamente resiliente. Até o cérebro humano já foi identificado como extremamente adaptável. Característica que chamamos de plasticidade cerebral. Se a nossa mente é capaz de formar novas conexões e caminhos a partir do nosso comportamento e das nossas escolhas, então está mais que garantido. Somos sim capazes de superar e de nos adaptar a tudo. Basta você querer e estar disposto a fazer o trabalho pesado. Nenhuma superação cai do céu. Capacidade você tem. Todos temos.

10- Eu não posso falar a verdade

Verdade: Pode sim, e deve! O medo que nos impede de falar a verdade, de sermos autênticos é de que dessa forma não sermos mais aceitos, de não pertencermos mais a um padrão esperado, a um grupo onde o diferente é ameaçador e portanto é rejeitado e excluido. Só que se você não tiver espaço para ser sincero, espontâneo e autentico, você não esta construindo relações verdadeiras. Um amigo ou parceiro que não te conhece, ou que não te aceita na sua essência, não vale a pena manter. Noventa por cento das vezes não damos nem a oportunidade de sermos aceitos sendo autênticos. Ja nos adaptamos para o que parece ser um comportamento mais “seguro”, enquanto que na verdade é a nossa singularidade que faz com que as pessoas nos admirem, e se encantem. Viver com uma preocupação de poder ou não se mostrar, ser honesto, sincero é viver com medo. E viver com medo é o oposto de viver relações reais, verdadeiras e que valem a pena.

11- O meu peso, cor, ou gênero, me define.

Verdade: não, o seu peso não te define. Nem nenhuma característica isolada te define. Nós somos um conjunto, e esse conjunto é tão especial que é único. Em meio a toda a população do planeta só existe você como você. Mais ninguém! E isso é a grande beleza da diversidade humana. Isso que faz com que cada um e todos nós sejamos iguais e ao mesmo tempo especiais O seu peso por exemplo, alem de ser momentâneo, ele pode estar acima ou abaixo do que você gostaria, mas ele é apenas mais uma característica sua. Sua cor, seu gênero, sua escolha sexual, sua idade, sua nacionalidade, se você é maioria ou minoria, nada disso define ninguém. O que te define é a sua postura perante a vida, perante os outros, sua disponibilidade, sua capacidade agregadora e criativa, suas escolhas e seu comportamento. O seu brilho e a sua autoconfiança pesam muuuuuuuito mais que seu peso ou qualquer outra característica isolada na balança da vida.

12- Só existe um jeito de ser para ser feliz

Verdade: Ser feliz é uma disposição individual, e não depende de nenhuma situação. Portanto o jeito de ser feliz depende da sua total flexibilidade. Quem acha que para ser feliz tem que ser rico, se um dia ficar rico vai descobrir que não é nem nunca será feliz. Vai dizer que para ser feliz tem que se casar, ou que tem que emagrecer, ou que tem que se mudar. Felicidade tem relação com o seu interior, não com o exterior. E o interior de ninguém é igual ao de outra pessoa, por isso, assim como existem milhares de jeitos de ser, existem possibilidades infinitas de ser feliz. Agora, ser ou não, depende única e exclusivamente da vontade de cada um.

13- Eu preciso de um Herói

Verdade: o único herói que você realmente precisa é de você mesmo. Ninguém irá te salvar. Se você não agir na direção de si mesmo, não se proteger, não se cuidar, não se amar, não fizer boas escolhas, você irá viver e sofrer as consequências delas. E não há herói no universo que te salve das consequências das escolhas que você fez. Seja você a mulher maravilha ou o super homem da sua vida.

A grande verdade:

A vida é uma sucessão de escolhas e consequências. O nosso livre arbítrio existe para que possamos a cada segundo fazer escolhas diferentes, mais assertivas e estratégicas.

Por isso, não delegue seu destino a ninguém. Assuma a responsabilidade das suas escolhas, das suas decisões e do seu comportamento. Escolha quais sementes plantar hoje para colher amanhã.

Você sempre pode agir com consciência ou reagir no automático. Independente da sua decisão, ou do tipo de ação que você escolher, a consequência será sua.

Portanto, faça bom uso do livre arbítrio. Escolha bem as suas sementes e cuide delas com amor e gratidão para que amanhã você colha frutos mais doces.

Contatos:

Site: https://faguntovitch.wordpress.com/

Insta: fabianaguntovitch

COMPARTILHAR:

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PUBLICIDADE
SIGA O VIVER BEM MELHOR!
s