;
[
]

DOENÇAS DE PELE INFANTIL

ABR 10, 2019

POR FABIANA SECCHIS

VIVA BEM - SAÚDE - Sem classificação

“A melhor forma de evitar esses tipos de doença é redobrar os cuidados preventivos. Se você desconfia de alguma machinha ou, ainda, de micose nos pequenos, não hesite! Procure um dermatologista.”

 

Os pais  sempre tem que ficarem alertas a qualquer sintomas dos filhos que não fuja da rotina. Por isso hoje com a ajuda da nossa querida parceira e Médica Dermatologista Dra. Flávia Jorge, vamos falar sobre algumas doenças de pele que podem afetar aos pequenos. Ah e isso geralmente acontece na volta das férias, de viagens mais longas ou até mesmo algumas na escola mesmo.

 

Molusco

Essa é aquela infecção que pode ser pega através do contato direto.

“O que é: Infecção viral contagiosa relativamente comum nas crianças adquirida, na maioria dos casos, através de contato direto. As lesões são formadas por elevações translúcidas, com certo brilho e com umbilicação (depressão) central.

Dicas: Evitar coçar e mexer nas lesões por conta própria. Fundamental procurar um dermatologista para tratar com medicamentos ou remover as lesões.”

 

Micose

Os adultos não escapam dessa não, mas as crianças quando começam a tomar banho sozinhas temos que prestar muita atenção porque uma das causas é a umidade no corpo.

“O que é: São infecções causadas por fungos que atingem a pele, as unhas e o cabelo. A transpiração, o calor e a umidade são alguns fatores que favorecem o surgimento das micoses superficiais.

Dicas: Os pais devem prestar atenção se as crianças estão fazendo uma boa higiene e enxugando bem o corpo, principalmente nas áreas mais difíceis de secar, como entre os dedos dos pés.”

 

Piolho

Quem aí adulto já não pegou piolho? Geralmente vem das crianças, mas isso não impede que o adulto pegue também. Por isso fique atento sobre esse inseto que faz nossa cabeça coçar pra caramba.

“O que é: Doença parasitária causada por insetos sugadores de sangue que vivem e se reproduzem na superfície da pele e dos pelos.

Dicas: Não ir de cabelos molhados para a escola, pois a umidade e a aglomeração de indivíduos favorecem a infestação de piolho; ir com os cabelos presos; não compartilhar objetos de uso pessoal, como escovas de cabelos, pentes, tiaras e bonés.”

 

Pitiríase Versicolor (Pano Branco)

Essa alergia temos que ficar que de olho principalmente quando a criançada volta da praia, porque ela adora um local quente e úmido.

“O que é: Um tipo de micose oportunista causada por uma levedura, encontrada com mais frequência no couro cabeludo e em regiões da pele ricas em glândulas sebáceas. Ocorre mais em locais de climas quentes e úmidos (como as praias!), em pacientes com pele oleosa ou que usem continuamente produto oleosos.

Dica: As manchas da Pitiríase são arredondadas ou ovais, muitas vezes com aspecto geográfico, geralmente brancas e, menos comumente, rosadas. A família deve prestar atenção aos sintomas e procurar um dermatologista em caso de desconfiança.”

 

Impetigo

Outra infecção que gosta de calor e umidade, e crianças com dermatite estão mais propensas em adqueri-las.

“O que é: Infecção bacteriana superficial da pele, altamente contagiosa, muito comum na face ou extremidades da pele de crianças e que tem o verão como estação propícia para o seu desenvolvimento (calor e umidade).

Dicas: Cuidado redobrado com feridas superficiais na pele, picadas de insetos, queda no sistema imunológico ou, até mesmo, doença pré-existentes, como dermatites, já que podem servir como portas de entrada para a bactéria do Impetigo.”

 

Alergia

E por fim da onde vem a alergia, até porque conhecemos muitas crianças que tem já desde pequenininhas.

“O que é: Condição em que o sistema imunológico reage anormalmente a uma substância externa. As crianças são mais suscetíveis às alergias por exposição a dermocosméticos, por ter a pele mais fina e porosa do que a dos adultos, absorvendo, assim, mais produtos.

Dicas: Os pais devem permitir somente o uso de produtos específicos para a faixa etária dos filhos. Além disso, geralmente, na volta às aulas, é comum as meninas desejarem mudar o visual, usar alguma maquiagem e, ainda, pintar os cabelos. Nestes casos: cuidado redobrado!”

 

A melhor forma de evitar esses tipos de doença é redobrar os cuidados preventivos. Se você desconfia de alguma machinha ou, ainda, de micose nos pequenos, não hesite! Procure um dermatologista.

 

Fonte: https://www.flaviajorgedermatologista.com.br/single-post/2019/01/31/Volta-%C3%A0s-aulas-cuidado-com-as-doen%C3%A7as-de-pele

 

COMPARTILHAR:

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

PUBLICIDADE
SIGA O VIVER BEM MELHOR!
s