;
[
]

ABADIÂNIA

NOV 05, 2018

POR FABIANA SECCHIS

VIVA BEM - ANOTA AÍ - DESTAQUE

“O lugar é muito simples, mas cheio de gente, cada um buscando algo diferente. Uns buscam cura espiritual, outros, cura física, cura financeira, outros vão só pela energia do lugar, para meditar ou até para descansar.”

Para quem gosta de limpar as energias e a mente, a nossa querida Luciana Zogbi contou para o VBM sua experiência na Abadiânia onde fica o médium curador e espírita super famoso, João de Deus.  

Minha experiência em Abadiânia

“Já tinha ouvido falar, várias vezes, em Abadiânia, Goiás. Mas, nunca tinha me despertado muito interesse, até alguns dias atrás, quando comecei a sentir uma certa inquietação, uma angustia, uma agitação interior, não sei como explicar. Aí, minha filha, Adriana, lançou a idéia de irmos até lá e aceitei. Foi a melhor coisa que eu fiz.

A cidade fica a a 54 km de Goiânia. Pegamos um vôo direto de Congonhas até Gioânia, e de lá, um transfer até Abadiânia, que durou mais ou menos, 1 hora, por uma estrada muito boa.

Chegamos numa pousada que tínhamos reservado, muito simples, mas bem gostosa. Lá existem varias pousadas, todas bem simples, no estilo do lugar.

Ao chegar já sentimos a boa energia do lugar. As pessoas calmas, andando pela cidade sem pressa, a maioria vestida de branco, e se dirigindo à casa de D. Inacio, para ver o médium João de Deus.

O lugar é muito simples, mas cheio de gente, cada um buscando algo diferente. Uns buscam cura espiritual, outros, cura física, cura financeira, outros vão só pela energia do lugar, para meditar ou até para descansar. Eu fui em busca de cura espiritual.

Fui até a book store que além de livros vende os cristais extraídos das terras abençoadas de Abadiânia e lá peguei a ficha de primeira visita ( primeira vez). Esperei a minha fila ser chamada, várias filas foram chamadas antes e enquanto esperava, alguns voluntários davam informações e pediam para que desligássemos o celular para não atrapalhar o tratamento espiritual e que ficássemos em silêncio já pensando no que fomos buscar, para que quando a fila fosse chamada e estivéssemos frente a frente com João de Deus, fôssemos bem objetivos. No meu caso, ele receitou um remédio que eu comprei na farmácia de lá, que são cápsulas de passiflora, que devem ser tomadas 2 por dia e durante o tratamento não posso comer pimenta nem ingerir álcool. Outras pessoas foram enviadas para o grupo de oração e outras para intervenção espiritual.

Como era quarta feira e eu só iria embora na sexta, continuei indo na casa Dom Inacio e aproveitando a energia do lugar, ouvindo o que os voluntários tinham a dizer, usufruindo da paz do lugar. Aí, surgiu o convite para fazer a intervenção espiritual voluntaria. Entrei na fila e foi indescritível. Podemos receber até 9 tratamentos diferentes durante a intervenção, depende do que cada pessoa aguentar. Temos que ficar de olhos fechados, concentrados em tudo o que viemos buscar, orando, sempre com muita fé, para que tudo aconteça. Depois de um certo tempo, somos dispensados e posso dizer que em estado de graça.  

Depois da intervenção somos aconselhados a ficar até 24 horas em repouso, sem celular, televisão, rádio, livros, só descansando, e a gente sente necessidade de descansar mesmo. Me senti extremamente cansada e com muita dor de cabeça. Dormi muito nessas 24 horas.

Posso dizer que voltei para casa renovada, senti como se tivesse saído o peso do mundo de cima de mim. Fui aconselhada a voltar para revisão antes do medicamento acabar, ou seja, antes de 80 dias, ou quando eu puder. E com toda certeza, vou voltar. Quero muito voltar, me fez muito bem. Estava sentindo necessidade de alimentar minha espiritualidade e achei o lugar ideal. Voltei mais calma, em paz, mais equilibrada. Foi uma experiência muito forte.

Claro que muitos vão dizer que acreditam, outros que não acreditam, outros que se trata de puro charlatanismo. Eu digo que acredito, tenho muita fé,  ninguém é obrigado a pagar nada. Pra mim foi receitado o remédio, comprei porque eu quis, pra minha filha, não foi receitado nada, ela foi direcionada para o grupo de oração e não gastou 1 centavo sequer. Fiquei impressionada com a quantidade de estrangeiros, inclusive as instruções são dadas em inglês, francês e alemão.”

“Um lugar realmente encantado.”

 

COMPARTILHAR:

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PUBLICIDADE
SIGA O VIVER BEM MELHOR!
s