;
[
]

ANTIPULGAS

MAR 12, 2019

POR Nayla Glaser

VIVA BEM - DESTAQUE - PET

A pulga é um dos problemas mais comuns entre os cães e gatos, e constantemente nos trazem muita preocupação não é mesmo ?! Isso porque elas se tornam uma praga quando não são controladas. 

Você sabia que uma fêmea pode colocar em torno de 40 a 50 ovos por dia! Os ovos, que medem cerca de 0,5 milímetro de diâmetro, não são aderentes ao pelo dos animais e acabam caindo no ambiente, geralmente nos locais onde os animais permanecem mais tempo: caminhas, sofás, tapetes, etc. Após alguns dias (entre 2 e 14 dias) estes ovos liberam as larvas, que para sua sobrevivência, se alimentam da matéria orgânica presente no ambiente (restos celulares da pele dos animais, fezes das pulgas adultas, etc). As larvas geralmente ficam entremeadas em tecidos das caminhas, sofás, tapetes, pois gostam de locais escuros e protegidos, já que são bastante sensíveis ao calor e à dissecação. Entre 5 e 12 dias, as larvas formam um casulo de proteção, chamado de pupa.  A pupa é extremamente resistente e impermeável dificultando sua eliminação.

Um dos grandes desafios da presença destes parasitas, é que grande parte das formas jovens, cerca de 95% (ovos, larvas e pupas), encontra-se no ambiente e não são visíveis a olho nu, os outros 5% são as adultas que sobem no animal para se alimentarem.

Então além de tratar o animal com antipulgas, o ambiente também precisa ser tratado e limpo, pois só assim seu pet estará 100% livre delas.

Agora vamos falar sobre os diversos tipos de antipulgas que existem no mercado pet.

Para começar não existe antipulgas melhor ou pior, existe diferentes tipos e cada um serve para uma necessidade específica do seu pet, e é ai que o médico veterinário entra, só o profissional qualificado poderá te indicar o melhor para a necessidade do seu pet!!

  • Antipulgas de talco: A grande vantagem é que eles são bons para filhotes ainda bem pequenos, porém sua eficácia nem sempre é maravilhosa, já que o talco muitas das vezes não fica na pele do animal por muito tempo, e para que ele funcione, o talco deve entrar em contato com a pulga. Porém ele é interessante para ser colocado em objetos, como caminhas, e tapetes onde o animal dorme. Muitos deles pode ser usado semanalmente, por cães e gatos.
  • Antipulgas de Spray: Esses produtos tendem a ser bastante eficazes para as pulgas que já estão no animal. Porém nem sempre são eficazes para o ambiente. Os sprays devem ser borrifados em todos o corpo do animal, não deixando nada de fora, e tomando cuidado com os olhos e focinhos. Esses sprays, em sua maioria podem ser utilizados também em filhotes.
  • Antipulgas de Shampoos: Um simples banho nem sempre matam as pulgas que estão no pet. Mas assim como os spray, os shampoos tem ótima ação local, mas nem sempre duram após o banho! Por isso o ideal é banhar o animal com o shampoo antipulgas e depois aplicar algum outro formato de produto! Lembrando que o shampoo NÃO pode ser usados em gatos!
  • Antipulgas de Pipetas: Esses antipulgas são mais modernos, e sua eficácia em geral é boa. Existem muitos antipulgas que as pulgas já criaram certa resistência ao princípio ativo e nem sempre funcionam tão bem, porém as marcas vem descobrindo cada dia novos princípios ativos, com a finalidade de acabar com as pulgas. Alguns desses antipulgas combatem as pulgas no animal e no ambiente. Ele deve ser aplicado corretamente para sua eficácia. Dependendo da marca pode ser utilizado em filhotes, sempre siga as orientações do seu veterinário! Alguns deles a pele do animal absorve o produto que cai na corrente sanguínea, quando a pulga pica o animal ela morre, já em outros apenas da pulga entrar em contato com a pele no animal com o produto, ela já morre. Ele dura em torno de 1 mês a 3 meses, depende da marca.
  • Antipulgas de Comprimido: Esse é um formato bem interessante, onde o animal toma um comprimido 1x por mês, dependendo da marca, e ele age inibindo a reprodução das pulgas, e também ajuda na eliminação delas. Pode ser para cães e gatos, e tem boa ação, porém só atinge as pulgas em sua fase adulta, as fases que estão no ambiente não são atingidas.
  •  Antipulgas de coleiras: As coleiras estão virando uma verdadeira febre, isso porque duram mais tempo no animal, tem coleiras que chegam a durar até 8 meses no animal. Elas possuem o principio ativo em volta da borracha, por isso nunca tire o pózinho ou outro produto que você vê. Você deve retirar a coleira da embalagem e já colocar no seu animal. Essas coleiras, em sua maioria, são resistentes à água.
  •  Antipulgas para ambientes: Existem diversos produtos que você pode passar no ambiente com a finalidade de acabar com as primeiras fases das pulgas, lembrando que a fase do ovo, é quase impossível de eliminar. Já as fases de pulpa e larva são mais simples e há produtos que podem auxiliar nisso. Em sua maioria esses produtos são líquidos, e você deve diluir em água. Após essa diluição o correto é molhar um pano e passar na casa toda, ou colocar em um borrifador e borrifar a casa. Lembrando sempre quando for passar esse produto pela casa, deixar animais e crianças em outro ambiente até o produto secar,  já que o produto é bastante tóxico! Esse produto é de uso EXCLUSIVO para o ambiente, NUNCA banhar o animal.

Sempre busque a orientação do seu médico veterinário, para que ele te auxilie no melhor tratamento para seu Pet!

Nayla Glaser

COMPARTILHAR:

ARTIGOS RELACIONADOS

4 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

PUBLICIDADE
SIGA O VIVER BEM MELHOR!
s