;
[
]

BULDOGUE FRANCÊS

JUN 26, 2018

POR FABIANA SECCHIS

VIVA BEM - DESTAQUE - PET

São brincalhões, afetuosos, espertos, sociáveis, vivaz, alerta, fácil de lidar, pacientes e atléticos.

 

Quem é apaixonado pela raça Buldogue Francês vai amar o conteúdo de hoje que a nossa parceira veterinária Nayla Glaser escreveu com tanto carinho.

Segundo Nayla:

Hoje vamos conhecer um pouco mais de uma raça de cachorro que está bastante popular entre nós de uns tempos para cá, os BULDOGUE FRANCÊS.

Nos últimos 10 anos a popularidade do Bulldog francês teve um boom no mundo todo. Fazendo com que ele subisse 50 posições no ranking de raças mais populares dos Estados Unidos. Se firmando como a 21 raça mais popular segundo a AKC.

ORIGEM:

Bulldog Francês ou também conhecido como Buldogue Francês, é uma raça de pequeno porte. Com traços de semelhança com o buldogue inglês, o francês, segundo hipóteses, teria sido introduzido por operários têxteis britânicos no universo canino em meados do século XIX, a partir do cruzamento de diversos cães caçadores de ratos, a exemplo do carlins, além de outros dogues.

Batizado de caçador de ratos, o cão que deu origem a raça foi estimado por diversos mercadores de vinhos, açougueiros e comerciantes que, por volta do ano de 1880, tomaram a iniciativa de dar origem a raça e procriá-la com o mesmo aspecto que a caracteriza nos dias atuais. O Buldogue francês passou a ser o cão predileto dos operários parisienses e, com o passar dos tempos, dos artistas e burgueses, dando origem ao nome.

TEMPERAMENTO:

Ele pode meter medo pelo sua cara um pouco amarrada, seus olhos sempre bem abertos e suas orelhas pontudas, mas depois de um pouco de convívio é impossível não cair de amores por eles. São cães amigos, companheiros e fiés, adoram correr e brincar com crianças ou qualquer pessoa que esteja disposta a gastar um pouco de  energia.

São brincalhões, afetuosos, espertos, sociáveis, vivaz, alerta, fácil de lidar, pacientes e atléticos.

CARACTERISTICAS e MANEJO:

Por terem o pelo curto, brilhante e macio, seu manejo é bem fácil e simples, não necessitam de tosa. Os banhos podem ser feitos a cada 15 dias, ou conforme necessidade.

O Bulldog Francês precisa receber uma limpeza frequente em suas rugas na face, que pode ser realizada com o uso de gazes e soro fisiológico. É importante prestar atenção para que o local não fique úmido após a limpeza.

SAÚDE:

Por conta do seu focinho curto e achatado, sua respiração é um pouco comprometida, eles são grandes roncadores, e por isso necessitam de um cuidado maior quando fazem exercícios e em dias mais quentes também, porque eles tem uma grande dificuldade de controlar a temperatura corporal.

A pele desses animais é uma das partes mais preocupantes para o tutor e os veterinários, isso porque ela está propensa a desenvolver determinadas doenças com a dermatite de dobra facial, dermatite interdigital, atopia e alergia alimentar. Todos esses problemas causam coceira, vermelhidão e, por vezes, ferimentos sérios no corpo dos cães.

CORES:

Suas cores variam bastante entre branco, tigrado, fulvo, bronzeado, tigrado e Branco.

PESO:

Na fase adulta as fêmeas podem chegar a 12kg e os machos até 15kg.

TAMANHO:

O seu tamanho é de cerca de 30 cm a 35 cm de altura.

EXPECTATIVA DE VIDA:

A sua expectativa de vida é por volta de 10 a 12 anos.

ALIMENTAÇÃO:

O Bulldog Francês é um cão que tem a tendência à obesidade. Por isso, é de grande importância que ele receba uma alimentação balanceada. O ideal é que seja oferecida ração de 2 a 3 vezes ao dia e que ele tenha sempre água à sua disposição.

Até os 12 meses de idade, a quantidade de ração varia de 95gr a 120gr, sendo recomendada a ração especifica para filhotes. A partir de um ano, quando é considerado adulto, a ração do cachorro Bulldog Francês deverá ser mudada e a quantidade pode variar de 105gr a 160gr diárias, dependendo da necessidade de cada animal.

O LUGAR IDEAL PARA O BULLDOG VIVER:

Buldogue Francês são cães de dentro de casa, e NÃO de quintal. Eles são cães de companhia, apaixonados pelos donos e precisam estar na presença deles. Um Bulldog Francês que vive trancado sozinho ou do lado de fora da casa não será um cão feliz. Eles precisam da nossa companhia, então não queira ter um se você irá deixa-lo  sozinho em casa, ou longe do convívio com humanos.

COMPARTILHAR:

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

PUBLICIDADE
SIGA O VIVER BEM MELHOR!
s