;
[
]

DIA MUNDIAL DO GATO

AGO 08, 2018

POR Nayla Glaser

VIVA BEM - DESTAQUE - PET

Hoje é comemorado o dia internacional dos gatinhos!!

E para você que tem um ou muitos gatinhos em casa, ai vai algumas dicas e muitas verdades sobre esses bichanos peludinhos que alegram nossos dias.

 

ALGUMAS MANIAS DIÁRIAS DOS NOSSOS GATINHOS:

Já perceberam que os gatinhos adoram ficar se esfregando em objetos, quinas de sofá e entre nossas pernas? 

Isso quer dizer que eles estão escolhendo aquele objeto como dele, deixando o cheiro para que você perceba que aquilo pertence à ele.

Quando seu gato aparece e cutuca você delicadamente, não apenas está declarando ao mundo que considera você propriedade dele, como também está demonstrando seu afeto e desejo sincero de contato físico. A medida que esfrega amorosamente o queixo ou a calda em sua perna, seu braço ou seu rosto, talvez parando um pouco e dando uma ronronada, o imperceptível odor que ele deixa para trás mescla com o seu odor, produzindo um odor novo, “a dois”. E criar esse novo odor é algo em que o gato encontra grande prazer, uma forma de mostrar um afeto e carinho por você.

 

Por que os gatinhos gostam de arranhar objetos?
Primeiramente para afiar suas garras, isso faz parte da natureza felina. Serve também para retirar os pedaços que estão soltos e que ficaram velhos que acabam incomodando. Assim ele mantém sempre exposta a camada mais nova e afiada das unhas.

Para demarcar os objetos, ao arranhar, ele deixa marcas visuais e também o cheiro dele. Esses sinais servem para alertar os outros gatos, que ali já o território é dele.

E para se alongar e exercitar, ele sente prazer em se esticar e arranhar após uma boa e longa soneca.

 

Por que os gatos se lambem?

Quem tem gatinhos em casa percebe o tempo que eles passam se lambendo, esse costume deu a fama dos gatos serem animais mais higiênicos, e isso realmente é verdade. Eles passam grande parte do tempo se lambendo.

Se lamber também Server para aliviar o stress. Mas esse costume tem também uma outra finalidade, este hábito nasceu como instinto de defesa do animal.

O gato normalmente começa o ritual passando a áspera língua nas patas para lavar a cabeça e as orelhas. Depois lambem o restante do corpo. Após as refeições, os antigos gatos se banhavam para retirar o cheiro do alimento para não atrair a atenção de predadores.

 

Por que os gatos gostam de dormir em caixas, gavetas, cestos, armários?

Além de ser lugares quentinhos, são locais que dão sensação de conforto, aconchego e segurança.

 

Já perceberam que os gatinhos amam “amassar pão” no nosso colo ou em cima de um coberto?

É uma mania que eles têm desde pequenos, fazem isso como lembrança da infância. Faziam isso quando iam mamar para estimular o leite da mãe. Quando adultos eles transferem esse ato quando têm sensações boas, quando fazem isso nos humanos por exemplo, é uma associação com o amor materno. Vocês sabem que gatos muito amados por seus humanos são eternos bebês. É sinônimo de conforto, bem-estar e afeto.

 

Por que eles amam brincar e se esconder em sacos de papeis?

Para um gato, aquele saco de papel e sacolas de compras é um brinquedo novinho em folha à espera para ser marcado com o seu odor pessoal, pronto para servir de esconderijo, que se pode rasgar e agarrar como uma presa.

Os gatos adoram fingir que estão dando bote numa presa, e o saco funciona muito bem para isso. Eles podem se esconder por trás dele ou por dentro, movimentá-lo pelo chão, e por fim dar um bote na acuada vítima imaginária. Os gatos gostam de coisas que fazem barulhos interessantes, e o amarrotar do papel é um dos seus sons preferidos.  Os sacos mais antigos perdem a graça, depois de certo tempo, por isso convém substitui-los de vez em quando. (Evite usar sacos com alça, pois o gato pode se enroscar).

 

Por que os gatinhos escondem as fezes?

O ato de esconder as fezes é um recurso muito utilizado pelos felinos, como forma de proteger a própria espécie. Não revelando seu paradeiro a outros animais, eles se protegem de predadores e não espantam suas presas. Também por isso, a maioria dos animais não defeca nas proximidades do ninho. O enterrar das fezes também reflete domínio ou subordinação.

Entre felinos, o felino dominante não tapa as suas fezes, deixando-as à vista para marcar território.

 

 

 

ALGUMAS COISAS QUE OS GATINHOS NÃO GOSTAM:

Água parada:

Se seu gatinho já subiu na pia e ficou te olhando, ele estava pedindo para você abrir a torneira! Isso é porque os felinos possuem o instinto de beber água corrente, e não costumam gostar da água parada na tigelinha. Você pode deixar uma fonte pequena com água filtrada para seu gatinho, ou estar sempre enchendo a tigela com água fresca!

Vai mudar a ração?

Mudanças bruscas de hábitos alimentares não são boas para a saúde do seu gato! Se eles não gostarem da ração e ficarem sem comer por mais de 48 horas, podem chegar a apresentar um quadro de Lipidose Hepática.

Ciumento?

Você sabia que no fundo, seu gato morre de ciúme de você? Se há outro animal na casa, eles ficam de olho para ver quem está recebendo mais atenção, e pode ficar triste se sentir que está sendo deixado de lado. Por isso é necessário dividir a atenção por igual entre todos seus amiguinhos!

 

VAMOS VIAJAR E AGORA?

Está pensando em viajar e não sabe se leva ou deixa seu bichano em casa?

Será que os gatinhos gostam de viajar?

Para quase todas as pessoas, as viagens, principalmente se forem de lazer, são uma oportunidade de sair da rotina, conhecer novos lugares e experimentar sensações diferentes. Entretanto, os gatos são muito diferentes de nós nesse sentido.

O gato é um animal de costumes. Quer dizer, gosta de levar uma vida cheia de rotinas que lhe dão segurança.

Não é um animal especialmente ativo, mas sim um animal que gosta de levar uma vida cômoda e sem muitas emoções, principalmente no caso dos criados unicamente no lar.

Mas claro que cada gatinho é individual, se já estão acostumados e adaptados a viajar com seus donos, essas experiências são mais tranquilas.

Se nunca viajou com seu gatinho e pretende fazer uma experiência, converse com um médico(a) veterinário(a) sobre o manejo e os cuidados necessários para que essa experiencia seja boa tanto para você quanto para seu bichano.

 

GATOS GOSTAM DE CRIANÇAS?

Sim, gatos amam ter contato físicos com crianças. Gostam de dormir juntos, de brincar juntos.

É importante ressaltar que gatos ficam ariscos quando se sentem ameaçados, podendo morder ou arranhar. Algumas vezes é imprevisível saber quando eles se sentem desta forma e não tem como escapar de uma situação atípica.

Neste aspecto, você deve ter um papel importante, mostrando à criança que se deve respeitar o espaço do gato e ensinar a criar um vínculo afetivo. Ganhar um arranhão aqui, uma mordiscada ali, é praticamente certo de acontecer, mas é possível evitar incidentes mais graves.

É verdade que gatos incentivam responsabilidade nas crianças?

Sim, da mesma forma que a criação de qualquer outro animal de estimação. Mas é necessário que os pais e cuidadores incentivem que as crianças da casa participem das tarefas para manter a higiene e saúde dos felinos. Antes de incumbir a tarefa às crianças, avalie se o pequeno estará apto a cumpri-las.

Tarefa simples como supervisionar o pote de água para saber se está cheio pode ser direcionada às crianças menores. As maiores podem ser responsáveis por manter o pote de água sempre cheio, assim como colocar ração no pote e limpar a caixinha de areia.

Lembre-se que apesar de atribuir tarefas na rotina das crianças, a responsabilidade é dos pais. Por isso, a supervisão dessas atividades por um adulto é imprescindível

Isso quer dizer que eles estão escolhendo aquele objeto como dele, deixando o cheiro para que você perceba que aquilo pertence à ele.

Quando seu gato aparece e cutuca você delicadamente, não apenas está declarando ao mundo que considera você propriedade dele, como também está demonstrando seu afeto e desejo sincero de contato físico. A medida que esfrega amorosamente o queixo ou a calda em sua perna, seu braço ou seu rosto, talvez parando um pouco e dando uma ronronada, o imperceptível odor que ele deixa para trás mescla com o seu odor, produzindo um odor novo, “a dois”. E criar esse novo odor é algo em que o gato encontra grande prazer, uma forma de mostrar um afeto e carinho por você.

 

 

COMPARTILHAR:

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

PUBLICIDADE
SIGA O VIVER BEM MELHOR!
s