;
[
]

PET X FRUTA

OUT 16, 2018

POR Nayla Glaser

VIVA BEM - DESTAQUE - PET

Em homenagem ao Dia Mundial da Alimentação hoje vou falar sobre quais frutas é permitida para o seu Pet.

Uma das dúvidas rotineira que chega até mim nas consultas veterinárias, é sobre quais as frutas o pet pode ou não comer. E hoje vamos falar um pouco das frutas permitidas e das não permitidas.

As frutas fazem parte de uma alimentação saudável para os humanos e também podem fazer o mesmo efeito para cães. Mas é preciso ter cautelas, pois cada caso precisa ser avaliado individualmente. Ao contrário do que muitos donos pensam, os cães também podem comer frutas, mas é preciso ter equilíbrio e jamais substituí-las pela ração, pois são animais carnívoros.

Não é todo tipo de fruta que seu animal pode consumir. Existem frutas que não são indicadas para os cães. Assim como nós, os animais podem apresentar alergias a certas frutas. As frutas devem ser escolhidas conforme o estado de saúde do animal, pois existem algumas alterações no organismo, que o uso indiscriminado de algum tipo de nutriente pode agravar, piorando o quadro clínico.

As frutas nunca devem substituir a alimentação rotineira do animal, elas podem ser dadas como um petisco ou como um agrado. Os cães são animais carnívoros, necessitam de uma boa e completa dieta e só a ração ou a alimentação natural tem o valor nutricional adequado.

Para animais obesos e diabéticos algumas frutas não são indicadas por apresentarem altas quantidades de açúcar. Antes de oferecer alguma fruta, procure por um médico veterinário para auxiliar quais as frutas que seu animalzinho poderá comer. Então vamos lá!!!

 

Frutas permitidas

Banana: Devem ser servidas sempre sem casca e em quantidades moderadas como um petisco. São fonte de potássio, sódio e biotina, vitaminas A e C, fibras e são excelentes para a manutenção do sistema imunológico. Mas lembre-se elas apresentam uma grande quantidade de açúcares.

Maçã: Tem alto valor nutritivo, porém não tem deve ser oferecida com o talo e a semente, pois libera ácido cianídrico. Rica em vitamina B, C e E.

Pêra: É uma fruta bastante adocicada e de boa palatabilidade. Não é indicado oferecer com o talo e a semente, pois elas também liberam cianeto. Rica em vitamina A e C e Complexo B.

Manga: É preciso fatiar, o caroço é perigoso pois pode causar obstrução intestinal. Rica em fibras e vitamina C. Uma ótima opção para o desequilíbrio nutricional.

Caqui: Fonte de vitaminas C e E, carboidratos, fósforo, potássio, cálcio e fibras. Tem uma boa palatabilidade por ser mais docinho. Devem ser oferecidos em pequenas quantidades.

Goiaba: Rica em vitaminas A, B e C. Ela pode ser oferecida com a casca, pois ajuda no bom funcionamento do intestino. Além de muitas vitaminas, é fonte de carboidratos, e contem também nutrientes importantes com, ferro e fósforo. Ajuda a combater a diarreia

Kiwi: É uma fruta que contem vitamina C, sendo bastante indicada aos cães. Rica em fibra e magnésio. Ao fornecer a fruta ao cão, retirar a casca.

Morango: É uma fonte de vitaminas A, C e complexo B. O morango é uma das frutas mais eleitas pelos cães. É sempre bom oferecer morango orgânico. Ele tem poucas calorias e melhora a função cerebral. Pode ser oferecido com a casaca, e poucas quantidades.

Caju: Rico em vitamina C e ferro, o caju é sempre bem-vindo a alimentação do animal. É uma fruta que auxilia o sistema imunológico do animal. Alguns animais não aceitam bem o caju pelo seu gosto “travoso”, porem existem cães que adoram. Não oferecer com a castanha.

Melancia: Ótima opção para hidratar o pet no verão, a melancia tem vitaminas C, A e B-6, além de muita água. Não se esqueça de tirar os caroços para oferecer ao seu pet.

Pêssego: Fonte em vitamina A, deve ser oferecido ao pet sem seu miolo e caroços.

 

Frutas Proibidas:

Laranja: Essa fruta pode causar gastrite no cão, pela acidez.

Abacaxi: Pode causar gastrite e alterações gastrointestinais.

Uva: Pode causar danos e lesões renais graves nos cães.

Abacate: Possui uma substância tóxica chamada de Persina. Pode causar danos no sistema gastrointestinal dos cães, como vômito e diarreia.

Carambola: Não é indicada para a alimentação dos pets, pois contem uma toxina natural que não é filtrada pelos rins do animal que é portador de insuficiência renal.

 

É claro, mesmo as frutas que são permitidas, o acompanhamento de um médico veterinário é fundamental para manter a saúde do seu pet. Só o veterinário saberá aconselhar corretamente sobre quais alimentos podem ser consumidos pelo pet e quais é melhor evitar. Além de indicar o tamanho das porções e a quantidade de vezes por dia que o animal pode consumir.

 

 

COMPARTILHAR:

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

PUBLICIDADE
SIGA O VIVER BEM MELHOR!
s