;
[
]

PROFISSÃO FOTÓGRAFA

JUN 28, 2018

POR FABIANA SECCHIS

VIVA BEM - DESTAQUE - PROFISSÕES

Uma situação bacana é sempre estar em ambientes com pessoas felizes, e o mais bacana hoje é ser amiga da maioria dos clientes.

Conheci a Fernanda nos aniversários das minhas sobrinhas. Ela é amiga da minha cunhada e sempre está fazendo fotos muito bonitas, tanto posadas quanto dos momentos mais legais. Hoje conversei com ela para saber um pouco mais dessa profissão de fotógrafa.

 

 VBM: Quando você decidiu ser fotógrafa ?

“Decidi ser fotógrafa quando eu tinha 25 anos em meio a uma crise existencial. Estava ociosa ,querendo voltar a trabalhar porque meu filho já havia completado 05 anos. Então comecei a pensar em algo que pudesse me despertar interesse ,eis que surgiu a ideia de fotografia . Hoje já vou completar 16 anos nessa profissão que amo e me encontrei.”

VBM: Hoje qual é mais o seu público? Por que decidiu ir para esse lado ? 

“Comecei fotografando crianças em escolinhas da região onde eu morava, fazendo recordações escolares, calendários, lembranças para dia das mães etc. Logo após comecei a fotografar sapatos para uma loja conhecida em São Paulo e hoje fotografo casamentos ,aniversários e eventos em geral e meu maior público são as crianças. Também faço ensaios temáticos, newborn, entre outros.”

 VBM: Qual a parte mais difícil do seu trabalho?

“A parte mais difícil é lidar com a ansiedade dos clientes, porque logo após serem fotografados eles já querem que eu envie as fotos. Muitas vezes mal cheguei em casa e já estão me cobrando rs .Explico a eles que sou mãe, dona de casa, que também preciso descansar e editar as fotos antes de enviar, com isso eles acabam entendendo.

Muito difícil também é fazer fotos de casamento porque os noivos não querem fazer as tais fotos posadas porque querem curtir a festa, mas depois reclamam que não tem as fotos com familiares e etc. Por isso é algo que já combino antes do contrato.”

 VBM: Tem alguma história para contar de uma situação bacana ou alguma situação em que você se emocionou muito durante seu trabalho? 

Uma situação bacana é sempre estar em ambientes com pessoas felizes, e o mais bacana hoje é ser amiga da maioria dos clientes.

Já fotografei casamento de pessoas queridas,já fotografei inclusive o casamento de um grande amor ,aliás o meu primeiro amor, primeiro namorado  e foi bacana.

Eu sempre choro muito em casamentos, me escondo atrás do clicks e não deixo a lágrima cair.

Uma situação difícil aconteceu em 2016 ,eu havia perdido uma bebê na vigésima quarta semana de gestação ,estava tudo pronto para chegada dela e após 12 dias de ter passado pelo parto ,pela dor e pelo trauma ,eu voltei a trabalhar. Os dois primeiros trabalhos foram ensaios de gestantes e foi muito muito difícil e em vários momentos eu precisei respirar fundo, engolir o choro ,porque era um momento lindo para as mamães e eu não podia tornar triste e deixar elas perceberem minha dor.”

VBM: O que você diria para as pessoas que querem trabalhar com fotografia? Por onde começar, e dicas durante esse percurso? 

“Para as pessoas que querem trabalhar com fotografia eu digo que é a melhor profissão do mundo rs, mas é algo muito delicado porque mexe com a fantasia das pessoas ,mexe com momentos únicos então precisamos ter além de muito amor ,muita sensibilidade ,muito cuidado, muita dedicação e paciência. Precisamos também ter muito aprendizado e muito aperfeiçoamento.

A fotografia eu costumo dizer que é mágica . Eu posso estar triste, cansada, mas quando aperto o primeiro click ,tudo se transforma dentro de mim ,a felicidade chega e transforma tudo.”

VBM: Tem alguma dica geral para a foto ficar boa? 

“Uma dica para uma boa foto é olhar tudo antes ao redor ,e compor em seu pensamento tudo que quer ,e aí sim clicar, mas tem que estudar ,ter criatividade e ter confiança”.

 

Contato:

Insta: @fernandarodrigues1908

COMPARTILHAR:

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

PUBLICIDADE
SIGA O VIVER BEM MELHOR!
s